(27) 99876-5489   |   (27) 3227-1313

Cirurgia refrativa

Cirurgia refrativa é o procedimento que tem como objetivo corrigir erros refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo) para reduzir ou eliminar a necessidade do uso de óculos e lentes de contato através da utilização do laser.

A cirurgia pode ser feita por aplicação de diferentes técnicas cirúrgicas sendo as mais utilizadas são o LASIK e o PRK.

cirurgia refrativa

Exames para cirurgia refrativa:

a cirurgia
  • Tomografia corneana com Scheimpflug;
  • Acuidade visual sem e com correção;
  • Refração dinâmica e estática;
  • Ceratoscopia computadorizada;
  • Paquimetria ultrassônica;
  • Aberrometria corneana;
  • Mapeamento de retina.

Técnica cirúrgica para correção refrativa LASIK

Consiste da abreviatura do Inglês Laser in situ Ceratomileusis sendo a técnica de cirurgia refrativa mais realizada em todo o mundo.

A aplicação do Laser ocorre após o levantamento de uma camada superficial da córnea. Utiliza-se um instrumento ultra preciso para confeccionar uma fina camada de tecido corneano.

O cirurgião utiliza um excimer laser para remover uma quantidade pré-determinada de tecido corneano remodelando sua curvatura e assim remover o grau.

Vantagens do LASIK

  • Recuperação visual rápida.
  • Procedimento indolor.
  • Alta previsibilidade do resultado.
  • Preserva todas as camadas da córnea.
  • Pode corrigir elevados defeitos refrativos.

Desvantagens do LASIK

  • É um procedimento cirúrgico complexo onde as complicações interferem com a qualidade da visão.
lasik

Questão
Pré-requisitos para a cirurgia

  • Ter miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia;
  • Não ter nenhuma patologia ocular ou sistêmica ;
  • Ter a visão estável por 1 ano ;
  • Exames complementares normais.

Questão
Exames realizados antes do tratamento

  • Refração dinâmica e estática com acuidade visual;
  • Mapeamento de retina;
  • Topografia Corneana;
  • Biomicroscopia;
  • Paquimetria;
  • Tonometria.

Questão
Como é a anestesia? Vou sentir dor?

A anestesia é feita por colírios e todo o procedimento é indolor. O LASER não penetra no olho. No pós-operatório pode ocorrer algum desconforto que varia em cada pessoa e a visão se estabiliza após dias de pós operatório.

Questão
Cuidados após a cirurgia

Após o procedimento, são instiladas gotas antibióticas e antiinflamatórias e que deverão ser utilizadas durante as duas primeiras semanas. O paciente pode usar, na primeira semana, uma proteção noturna plástica transparente para prevenir que se esfreguem os olhos acidentalmente durante o sono.

Questão
Consultas pós operatórias

As consultas após o procedimento previstas são no 1º dia, 1ª semana, 1º mês, 3 meses, 6 meses e 1 ano pós cirurgia.

Microceratomo Moria M2

PRK Transepitelial

É uma técnica onde o excimer laser é aplicado sobre a córnea após a retirada do epitélio (camada superficial de células).

Sua grande vantagem é a simplicidade no entanto é mais desconfortável, a recuperação é mais lenta, e a cicatrização às vezes atrapalha o resultado pós operatório. Pode ser usada em pequenos graus de miopia.

O PRK/LASEK produz bons resultados na correção de miopia, hipermetropia, presbiopia e astigmatismo. Normalmente, é melhor nos graus mais baixos e tem a desvantagem da recuperação ser significativamente mais demorada do que o LASIK. O PRK, do inglês Ceratectomia Fotorefrativa, procedimento aprovado nos Estados Unidos pelo FDA (Food and Drug Administration) e no Brasil pelo CFM (Conselho Federal de Medicina).

Vantagens do PRK

  • O excimer laser é aplicado diretamente na córnea, após ser retirada a camada superficial
  • Não é feito o Flap, evitando as possíveis complicações cirúrgicas associadas.
  • O procedimento é indolor.
  • O procedimento é rápido.

Desvantagens do PRK

  • Recuperação visual mais lenta, (2 semanas).
  • Dor de intensidade variável nos primeiros dias.

Sociais responsivo

(27) 3227-1313