(27) 99876-5489   |   (27) 3227-1313

Cirurgia de Anel de Ferrara

O anel de Ferrara foi reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina como procedimento terapêutico para ceratocone.

Tem a intenção de regularizar a superfície corneana que se encontra com uma forma cônica e irregular no ceratocone.

Cirurgia de Anel de Ferrara

Saiba mais

Pode ser necessário o uso de óculos e/ou lentes de contato após o implante de anel de Ferrara.

O anel de Ferrara é uma órtese composta de dois segmentos semicirculares, de espessuras variáveis, com 5mm de diâmetro, confeccionada com o mesmo material utilizado há mais de 20 anos na confecção de lentes intra‑oculares. O anel é perfeitamente tolerado pelo organismo, não havendo risco de rejeição. É um moderno e seguro tratamento para o ceratocone.

Quais são as indicações do Anel de Ferrara?

O implante do Anel de Ferrara está indicado, principalmente, aos portadores de ceratocone em evolução, em qualquer faixa etária, intolerantes a lentes de contato ou com distorções acentuadas da córnea, como ocorre após o transplante.

Como é o procedimento cirúrgico?

Após a assepsia da area cirúrgica, que compreende a região dos olhos, nariz e fronte, o rosto é coberto por um campo cirúrgico estéril que tem por finalidade proteger a evitar contaminação. O procedimento é absolutamente indolor. O uso de colirios antibióticos e antiinflamatórios se faz necessária. Com três dias, o paciente pode retornar às atividades normais.

Quais os riscos do implante de Anel de Ferrara?

A complicação mais freqüente do implante de Anel de Ferrara é a extrusão espontânea do mesmo. Isso ocorre em 10 a 20% dos casos. A extrusão depende da espessura corneana do paciente e da profundidade em que o anel foi implantado. Com a extrusão, o olho volta ser como era antes do implante do anel. Esta é uma vantagem do procedimento, ser reversível. É possível um novo implante ou em alguns casos o transplante de córnea torna se necessário.

O Anel de Ferrara substitui o transplante de córnea?

Não. O objetivo principal do Anel de Ferrara é a reabilitação visual melhorando as condições do paciente de utilizar seus óculos ou a adaptação das lentes de contato.

Sintomas normais no pós-operatório imediato

Dor, lacrimejamento, fotofobia (aversão à luz) a olho vermelho. Entretanto, o aparecimento tardio destes sintomas é anormal a deverá ser comunicado ao médico, imediatamente.

Medicamentos a serem utilizados após a cirurgia

Antibióticos, antiinflamatórios e lagrimas artificiais por 30 dias, cuja frequência de uso são orientadas pelo médico em cada caso em particular.

Cuidados para evitar contaminação

Os cuidados para evitar a contaminação deverão ser observados por 30 dias. Estão proibidos: banhos de imersão (piscina, praia, banheira), sauna, prática de atividades fisicas, coçar os olhos e maquiagem. Os banhos devem ser tomados do tomando o cuidado para não deixar cair água no olho. A limpeza do olho é feita corn soro fisiológico e gaze esterilizada, de forma delicada, para que não ocorram traumas.

É importante que o paciente lave bem as mãos com sabonete antes de fazer a higiene do rosto e de pingar os colirios. O oclusor de acrílico deve ser usado por 30 dias somente para dormir , para evitar que o paciente coce o olho acidentalmente. O paciente deve dormir do lado contrário ao operado.

Sociais responsivo

(27) 3227-1313